m12 2018
CIDADE DE DEUS
A conquista do território
São Paulo, Segunda-feira, 18 de Junho de 2018
igreja em celulasvisão celulas
Estudo para os 12
25/11/2015
Os Quatro Pilares da Liderança

Êxodo 3 (todo) e 4:1 a 17

Todo projeto de Deus para a humanidade, se desenvolve através de lideranças espirituais levantadas e estabelecidas pelo Senhor.

A liderança, além de ser uma força inerente à criação, é uma necessidade própria da vivência humana. Todos necessitam de líderes, até mesmo os que na sua inconsciência, não reconhecem isto. Nosso corpo é liderado por um cérebro, os animais se submetem a outros animais líderes e até os demónios se organizam e se submetem hierarquicamente.

É impossível imaginarmos uma sociedade sem o princípio da liderança, pois este é um princípio intrínseco à ordem de tudo que foi criado. Uma sociedade sem liderança, não seria uma sociedade e sim um caos.

A Bíblia também nos revela como Deus levantou e usou líderes para escrever cada momento de nossa história até aqui. Adão e Eva para gerar a humanidade, Noé e sua família para depurá-la, Abraão para gerar uma nação segundo a fé, Moisés para libertar este povo, Josué para introduzi-lo na terra da sua promessa, Saul para governá-lo politicamente e Davi espiritualmente, Jesus para nos salvar da condenação do pecado e os Apóstolos para multiplicar a fé entre as nações.

Toda liderança na Terra é constituída por Deus, tanto a secular, quanto a espiritual, e esta apoia-se basicamente em quatro pilares :

1. O Chamado

Todo membro do Corpo de Cristo, tem um chamado à exercer liderança espiritual sobre este mundo. Não somos nós que escolhemos, ser ou não líderes espirituais, esta é uma escolha de Deus para cada um de nós.

Abrão não conhecia o Senhor, mas o Senhor o chamou para andar em sua presença e cumprir seu propósito. Isaías 51: 2 Olhai para vosso pai Abraão e para Sara, que vos deu à luz, porque ele era único, quando eu o chamei, o abençoei e o multipliquei.

Moisés não conhecia o Senhor, mas o Senhor o conhecia e o chamou para uma missão específica: Ex. 3: 10 diz: Vem, agora, e eu te enviarei a Faraó, para que tires o meu povo, os filhos de Israel do Egito.

Assim como Abrão, Moisés e tantos outros homens e mulheres de Deus, não fomos chamados somente para sermos salvos, mas para levarmos a salvação a outros, este é um chamado, sem excessão, para todos os que estão em Cristo. Talvez você não tenha escolhido isto pra si, mas pode ter certeza de que Deus te escolheu para isto, ser um líder espiritual nesta geração.

Os que têm seu entendimento aberto, compreendem que ser chamado a liderança, é uma honra concedida por Deus, como declara Hb. 5: 4, Ninguém, pois toma esta honra para si mesmo, senão quando chamado por Deus, como aconteceu com Arão.

Ninguém pode se projetar para a liderança sem ter sido escolhido por Deus, mas também não devemos nos omitir do nosso chamado, para não aborrecermos ao Senhor. Quem rejeita seu chamado à liderança, está deixando de fazer o bem a si mesmo, e a muitos de seus semelhantes.

Enquanto alguns dizem: não quero ser líder, pois quero curtir a vida, muitos outros estão morrendo, por falta de quem lhes anuncie a Vida Eterna.

2. A Saúde da Alma

A saúde da alma deriva da saúde espiritual, ou seja, a santidade. Quando Moisés aproximou-se de Deus, foi advertido: Tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que estás, é terra santa. Assumirmos nossa nova identidade espiritual e nosso chamado à autoridade, requer santificação. Provavelmente as sandálias de Moisés ainda carregavam o sangue do homem egípcio que ele havia matado.

Muitos dos que hoje tem um chamado em Cristo, não conseguem assumi-lo ou desenvolvê-lo, porque ainda carregam consigo marcas trazidas do mundo.

Assim como o Egito precisava ser tirado de dentro de Moisés, para que ele se tornasse um príncipe nas mãos do Senhor, o mundo precisa ser radicalmente tirado de dentro de nós, para que nos tornemos líderes, segundo o projeto de Deus.

Moisés precisou de cura de alma, pois sofria de baixa-autoestima, medo, e complexo por deficiência física. Quando o Senhor disse: te enviarei a Faraó, Moisés respondeu : quem sou eu para ir a Faraó ? (vs. 11). Quando o Senhor transformou seu bordão em uma cobra, Moisés, com medo, fugia dela. (vs. 3). Serpentes e escorpiões para pessoas que vivem em desertos, são brinquedos para as crianças. Quando o Senhor disse que Moisés seria seu porta-voz a Faraó, Moisés começou a referir-se a seu defeito na fala, pois se sentia incapaz por conta deste.

A todos quantos Deus chama, ele também cura e capacita. Quando Moisés questionou sobre quem era ele para ir a Faraó, o Senhor respondeu: Você não irá para falar sobre quem você é, e sim sobre quem EU SOU. Em nossa missão espiritual não importa quem somos, mas sim quem é Aquele que nos enviou. O Senhor fez Moisés vencer o medo, levando-o a pegar a serpente pela cauda.

Só venceremos nossos medos, se decidirmos enfrentá-los. O Senhor de forma sobrenatural curou a Moisés, mostrando-lhe que sua alma estava doente (vs. 6). Mete agora, a mão no peito. Ele o fez, e, tirando-a, eis que a mão estava leprosa, branca como a neve. Disse ainda o Senhor: Torna a meter a mão no peito. Ele a meteu novamente, e quando a tirou, eis que se havia tornado como o restante de sua carne.

Muitas das escusas, fobias e fugas de muitos, diante do chamado a liderança, estão ligadas as enfermidades (lepras) que ainda não foram curadas em suas almas. Somos, no entanto, uma geração chamada a esta cura emocional, porque fomos também chamados, para ser grandes líderes neste tempo.

Ninguém será um grande líder, com uma alma insegura e ferida. A Visão em células no M12 é uma visão de batalha espiritual, onde satanás levantará contra nós, inimigos externos e internos (através de pessoas de fora e também de dentro ). Se nossa alma não for curada e não soubermos agir com mansidão e sabedoria, diante de situações com pessoas, podemos perder muitas pessoas ou até por pessoas a perder. Devemos aprender a usar o escudo da fé para desviar os insultos e não levar nada para o campo pessoal. O diabo quer nos desgastar, e ferir mais ainda a nossa alma, por saber que um líder ferido, não poderá sarar a alma de seu povo.

Revise sempre sua santidade, seja um promotor da paz, não guarde mágoas no coração, perdoando a tudo e a todos, e nunca se esqueça que do Senhor é a guerra, Ele peleja por você, e a Ele pertence a vingança.

Ore pedindo a Deus, que não deixe nenhuma enfermidade oculta em sua alma, pois você decidiu ser um líder curado.

3. A Obediência

Deus não está em busca de pessoas preparadas para servi-lo, e sim dispostas a obedecê-lo. A insubmissão desqualifica qualquer líder para o serviço espiritual. Para que um chamado ao ministério se consolide, será necessário mais do que a simples convicção da vocação, o líder precisará aprender o valor de obedecer ao chamado.

Amar, perdoar, ir e pregar, fazer discípulos, não são súplicas divinas, mas sim ordens de Deus, que só os que amam e temem de fato a Deus, se determinam a obedecer.

O texto no cap. 4: 14, diz que por Moisés estar dando desculpas, duvidando, e se esquivando do chamado, se acendeu a ira do Senhor contra ele. Muitas pessoas hoje no seio da igreja se tornaram religiosas, perderam o temor, e pensam estar agradando ao Senhor, por terem o hábito de ir à igreja, mas o Senhor está enfadado delas, pois não encontra nelas um pingo de compaixão.

Assim fez o profeta Jonas, ao invés de obedecer ao chamado do Senhor, fugiu do caminho do desafio, indo por um caminho que lhe parecia o mais cómodo, só que a ira de Deus se acendeu contra ele e o caminho aparentemente tranquilo, se transformou em tempestade, naufrágio e barriga de baleia. Na igreja de nossos dias, ainda há alguns como Jonas, andando na direção oposta a visão dada por Deus e por isto estão vivendo tribulações desnecessárias.

O exercício da obediência nos aperfeiçoa e nos completa. Se não fizermos o que o Senhor manda, por amor ou prazer, façamos pelo menos por obediência, pois esta, nos acrescentará destas outras virtudes.

A obediência nos reveste de autoridade e nos coroa com vitória, pois este é o exemplo que temos de Jesus Cristo. Fp. 2: 8 a 11 diz que: Cristo Jesus se humilhou, tornando-se obediente até a morte e morte de cruz, pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu um Nome que está acima de todo Nome, para que ao Nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor para glória de Deus Pai.     

Pela obediência, Jesus na cruz, venceu todas as coisas, e a deixou como legado de autoridade e vitória, para todos que decidirem praticá-la.

4. A Unção

A todos quantos o Senhor chama, a estes também Ele capacita com dons e unção. Muitos líderes não desatam no chamado ministerial, por não terem desenvolvido intimidade com o Espírito de Deus, e consequentemente, não terem experiências com o seu poder.

Se nosso evangelho for superficial e humanista, no seio da igreja, haverá muita razão, opinião e formalidade, mas pouco poder de Deus. Jesus apesar de ser Mestre, não formou doutores da lei, Ele formou discípulos preparados para o mover do Espírito, Ele não enviou teólogos, mas homens e mulheres cheios do Espírito Santo.

A unção tem uma origem: a Presença de Deus, e é dada a quem a busca e faz bom uso dela. Quando mais nos dispormos para servir a Deus, usando a unção para salvar, libertar, curar e repartir, mais a unção se multiplicará em nossas botijas.

Se você tem um chamado, você tem a unção, mas esta só se manifestará, se você avançar decidido a usá-la em favor de alguém.

Depois de ouvirmos sobre pilares de uma liderança eficaz, alguém pode indagar: mas e o amor não deveria estar listado entre estes pilares? E a resposta do Espírito é: o amor não é um dos pilares, e sim o alicerce de todos eles.

Um líder que ama, com o amor de Deus, abraça sem dificuldade o seu chamado, se abre para cura, pois deseja curar a outros, obedece com prazer porque ama quem o direciona, e recebe a unção porque sempre a compartilha.

Ministração: ore com a equipe para que todos os discípulos:

  1. Sejam despertados para o seu chamado em Cristo.
  2. Recebam cura profunda e completa na alma.
  3. Decidam obedecer ao chamado.
  4. Não retenham a unção, mas tenham experiências com Deus fazendo uso dela.

Que o Senhor os abençoe e multiplique extraordinariamente, conforme a promessa.

Repassem este estudo aos 12 de 2a, 3a e 4a geração.

Amamos vocês.

Aps. Fábio e Claudia Abbud.

 

 
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Comentarios:
 
TV IACC

Broadcast live streaming video on Ustream

Programação ao vivo

<p>- Domingo: 09:30hs e 18hs - Culto da Fam&iacute;lia<br />
&nbsp;</p>

 

Cultos anteriores | Canal de Videos

Redes Sociais
 Compartilhe:
 

IGREJA APOSTÓLICA CORPO DE CRISTO MINISTERIO PENHA - Tel: 2957-0551 -Email: iacc@iacc12.com.br - Endereço: Rua intiguçu 2601 - São Paulo SP Todos os direitos reservados - 2005 - 2013 - Webdesign