m12 2018
CIDADE DE DEUS
A conquista do território
São Paulo, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018
igreja em celulasvisão celulas
Estudo para os 12
10/08/2016
Como a vida é amadurecida

Mateus 22:29

Todo cristão deve ter dois tipos de conhecimento: o conhecimento das Escrituras e o conhecimento do poder de Deus. Na verdade, hoje existem dois tipos de cristãos, aqueles      que conhecem as Escrituras e aqueles que conhecem o poder Deus. Hoje quero considerar que nossa Igreja já conhece bastante as escrituras. Precisamos, portanto, conhecer o poder de Deus.

1. Tratando com Deus e sendo tratados por Ele

Para conhecermos a Deus precisamos tratar com Ele e sermos tratados por Ele. O mero conhecimento da Bíblia não significa conhecimento de Deus. O exemplo dos escribas em Mateus 2. O mero conhecimento intelectual é insuficiente. Precisamos conhecer a Deus. Como podemos conhecer a Deus? A maneira como conhecemos a Deus é aprendendo a lidar com ele. Em outras palavras, aprendendo a tratar com Ele e sendo tratado por Ele.

O exemplo de Jesus - Lc. 22:42 e Jo. 18:11

O exemplo de Paulo - II Cor. 12:9

A maioria dos crentes deixa que dificuldades ou problemas passem por sua vida sem o devido tratamento de Deus. Não sabem porque estão passando por aquilo. Ignoram o propósito de Deus. O exemplo do crente que ora para vencer determinado pecado. Ele não ignora que a questão do pecado displicentemente, mas vai buscar a Deus por livramento. Assim ele acumula conhecimento de Deus.

  • Primeiro descobre Romanos 6:14 onde lê que o pecado não terá domínio sobre nós.
  • Na segunda vez descobre que o velho homem está morto (Rm. 6:6).
  • Numa outra vez Deus permite que você caia para conhecer a corrupção da carne.
  • Depois disso você aprende a não confiar em si mesmo, mas depender de Deus.
  • Ainda outra vez você entende que não é apenas aquele pecado, mas uma série de outros.

Somente aqueles que foram tratados por Deus podem discernir a condição espiritual de outra pessoa. Se alguém deseja crescer precisa de conhecimento da Palavra, mas apenas isso não será suficiente, ele precisa também conhecer a Deus. A oração é a chave para aprendermos a nos relacionar com Deus e assim conhecê-lo.

Um discípulo ora pedindo a Deus, por exemplo, um carro. Depois de orar por algum tempo, nada acontece. Se ele desistir ou concluir que o silêncio de Deus é uma negativa, ele deixará de crescer no conhecimento de Deus. Mas ele insiste e Deus lhe mostra que há algo errado na sua vida, Ele corrige aquele problema e o carro vem.

Na próxima vez que orar ele já começará observando se aquele problema permanece. Mas depois de orar a resposta não vem. Ele insiste diante de Deus e o Senhor lhe mostra que há um impedimento. Ele corrige e mais uma vez a oração é respondida. Assim, na oração não recebemos apenas a resposta do pedido, mas também ganhamos um conhecimento mais profundo e pessoal de Deus.

O exemplo de aprender a orar

a. Pedir: Vamos supor que você esteja orando por um carro. Às vezes temos um grande desejo, mas nada acontece porque não pedimos (Tg. 4:2). Alguns não pedem por causa do orgulho, outros por causa da incredulidade e ainda outros porque supõem que não merecem receber. Seja como for quem não pede também não recebe.

b. Desejar: Você começa a orar e nada acontece, por isso você simplesmente se esquece do pedido. O que não nos toca também não tocará o coração de Deus. Deus demora a responder para ver até onde você realmente deseja ou precisa daquele carro. Como esperamos que ele responda se esquecemos rapidamente o nosso pedido.

c. Obedecer: Deus não ouve aqueles que não o obedecem. Se há algo que Deus esteja requerendo de nós ele não nos ouvirá até nos curvarmos diante de sua vontade. Pode ser falta de perdão, avareza, infidelidade, etc. Se Deus mostrou trate com isso imediatamente.

d. Crer: Mesmo depois de obedecer a resposta ainda não vem. Você insiste em oração e o Senhor mostra que você precisa crer. A sua confissão é de incredulidade, as suas palavras contradizem a Palavra de Deus. Observe que você está buscando o carro, mas Deus está lhe acrescentando e alargando a vida espiritual.

e. Louvar: Você já fez tudo o que o Senhor mandou e ainda assim o carro não vem. Você continua a orar e Deus lhe diz para começar a louvar. Uma vez que você tem a promessa não precisa mais pedir, mas apenas louvar. Pode ser que o Senhor lhe ensine tudo isso de uma única vez, ou ele poderá ensinar cada passo em diferentes ocasiões em que você orar. Mas o mais importante é que você não apenas obteve resposta para a oração, mas adquiriu conhecimento mais íntimo do Senhor.

2. Sendo alargados por Deus. Em Jeremias 48:11 diz: Despreocupado esteve Moabe desde a sua mocidade e tem repousado nas fezes do seu vinho; não foi mudado de vasilha para vasilha, nem foi para o cativeiro; por isso, conservou o seu sabor, e o seu aroma não se alterou.

Todo fruto precisa de tempo para amadurecer. O novo crente pode adquirir muito conhecimento rapidamente, todavia toma tempo para amadurecer. Alguns, porém tem tomado um tempo excessivamente longo.

Maturidade é ter a nossa capacidade expandida por Deus. Antes eu perdoava uma vez, depois passei a perdoar sete vezes, agora eu perdôo setenta vezes sete. Ninguém pode alcançar maturidade sem ser expandido por Deus. Antes eu era capaz de perdoar uma dívida de um real, agora eu posso perdoar uma dívida de mil reais.

Para expandir a nossa capacidade Deus permite que passemos por situações difíceis várias vezes. Alguns crentes são como Moabe, não foram trocados de vaso, por isso permanecem com o mesmo sabor. Se perdemos a paciência pelos mesmos motivos de cinco anos atrás, isto é um sinal de que não fomos alargados por Deus.

A diferença entre um fruto maduro e um verde está no seu sabor. O fruto verde é azedo, mas o maduro é doce. Todavia um fruto não pode ser amadurecido artificialmente. Isto pode ser feito com bananas, mas não com discípulos crentes. A nossa doçura deve ser desenvolvida em nós espontaneamente, isto é, eu deixo Deus me tratar, eu busco mudanças, faço uma leitura da palavra e dos meus atos e faço autoexame para verificar se houve maturidade em mim. Preciso buscar crescimento.

Nós podemos retardar a obra de Deus em nossa vida, mas certamente não podemos acelerá-la. Certos materiais possuem a propriedade física de serem expandidos e não mais voltarem ao tamanho original. Foram enlarguecidos. Não devemos buscar tratamentos, mas quando ele vier não devemos fugir dele. Estaremos perdendo a oportunidade de sermos alargados por Deus.

Precisamos aceitar os tratamentos do Espírito Santo em nossas vidas. A maturidade é a soma dos tratamentos de Deus em nossa vida. Conhecimento intelectual acumulado sem o tratamento de Deus possui muito pouco valor espiritual.

 

 

 
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Comentarios:
 
TV IACC

Broadcast live streaming video on Ustream

Programação ao vivo

<p>- Domingo: 09:30hs e 18hs - Culto da Fam&iacute;lia<br />
&nbsp;</p>

 

Cultos anteriores | Canal de Videos

Redes Sociais
 Compartilhe:
 

IGREJA APOSTÓLICA CORPO DE CRISTO MINISTERIO PENHA - Tel: 2957-0551 -Email: iacc@iacc12.com.br - Endereço: Rua intiguçu 2601 - São Paulo SP Todos os direitos reservados - 2005 - 2013 - Webdesign