m12 2018
CIDADE DE DEUS
A conquista do território
São Paulo, Sbado, 24 de Fevereiro de 2018
igreja em celulasviso celulas
Esboço para célula
30/01/2018
Um novo mandamento

Marcos 12:28-33; João 13:34,35

Jesus nos ensina muitas lições preciosas nos evangelhos para uma vida plena, Ele ensinou sobre fé, amor, arrependimento, perdão, justiça, santidade, retidão, misericórdia, bondade, fidelidade, etc., mas, de todos estes, Ele focou no amor. Ele falou sobre três aspectos fundamentais do amor.

Jesus Respondeu ao escriba, mestre na Lei, que o Deus criador dos céus e da terra é o único Deus e devemos em primeiro lugar ama-lo de todo o nosso coração, de toda a nossa alma, de todo o entendimento e com toda a nossa força. Depois, em segundo lugar, devemos amar o próximo como a nós mesmos.

Esse primeiro nível de amar a Deus acima de tudo, significa que o serviremos com alegria, intensidade, fidelidade, compromisso e encargo pelo seu reino. Isso indica que buscaremos o Reino de Deus e Sua justiça em primeiro lugar na nossa vida. Mateus 6:33

O segundo nível em amar o próximo como a nós mesmos implica em duas coisas. Primeiro, se não amamos a nós mesmos não podemos nos relacionar bem com os outros. Segundo, se não amamos o projeto não amaremos o projetista. Se não gostamos da criatura, vamos rejeitar o Criador.

Também, quando deixamos de amar a nós mesmos, teremos dificuldade de amar de forma madura o nosso próximo, porque o amor-próprio é base e referencial desse amor. Não devemos colocar-nos em primeiro lugar e o outro em segundo, mas no mesmo nível.

Amar o próximo como a nós mesmos envolve amar os nossos inimigos e orar em favor daqueles que nos persegue, pois disse Jesus que se eu orar e amar apenas as pessoas que me amam, não estaria fazendo nada de especial, não haveria honra nisso, pois qualquer pessoa nesta terra faz isso naturalmente.

Amar ao próximo indica que as pessoas que passarem pelo nosso caminho devem ser foco do nosso amor. Através de nós, o nosso próximo precisa conhecer a Deus como único Deus e a Seu filho Jesus, nosso messias, como único salvador.

Mas agora, quando Jesus está ministrando a Ceia aos seus doze discípulos, Ele sobe a um terceiro nível de amor, Amar uns aos outros como Ele nos amou.

Quais são as características desse amor?

  1. Primeiro esse amor é um amor perseverante.
  2. Segundo é um amor que serve com humildade.
  3. Terceiro, é um amor que busca e visa a santificação e a felicidade da pessoa amada.
  4. Quarto, é um amor sacrificial. Jesus amou-nos mais do que a Si mesmo. Ele não poupou a Sua própria vida. Ele se deu por nós, por amor. Este é um novo mandamento que foi dado aos discípulos.

Jesus passa a falar sobre um novo modelo. “Que vos ameis uns aos outros, assim como Eu vos amei.”  O amor de Cristo é um amor voluntário. É um amor sem reservas. É um amor serviçal. É um amor regado de compaixão. É um amor não apenas de palavras ou intenções, mas um amor prático e efetivo.

Devemos amar não apenas de palavras. Devemos amar ardentemente. Devemos amar com obras. Devemos investir no outro, sem esperar recompensa. Devemos amar aqueles que não podem nos recompensar. Devemos dar com alegria. Devemos dar-nos a nós mesmos antes de darmos alguma coisa que temos. Devemos ajudar, socorrer, animar, acolher, abençoar.

Esse amor não discute quem é o maior ou o mais importante. Jesus corrige a intenção de ser visto, de ser reconhecido, de ser promovido. Jesus mostra que o verdadeiro amor se despoja, se entrega, para servir até aqueles que nos aborrecem. Devemos aprender a amar como Jesus amou. O amor é o maior dos mandamentos. O amor é o dom superior. O amor é a maior das virtudes. O amor é prova insofismável da maturidade cristã.

Jesus passa a falar sobre um novo resultado. “Nisto todos conhecerão que sois Meus discípulos, se tiverdes amor uns pelos outros.” Nosso discipulado é autenticado não apenas pela defesa da fé, mas pelo amor. Amar como Jesus nos ama nos leva para um novo nível, pois vai além de nós.

O mundo vai conhecer-nos não apenas pela nossa doutrina cristã, mas pelo nosso amor. Não pela nossa liturgia, mas pelo nosso amor. Não pelos nossos dons espirituais, mas pelo nosso amor. O amor é um argumento invencível.

Veja isso: Amar o próximo se relaciona a qualquer pessoa no mundo em que tivermos acesso, mesmo que este amor não seja recíproco, agora amar como Cristo nos amou fala da igreja, do amor que precisa existir entre nós! Ele disse: Amai-vos uns aos outros (Reciproco), como eu vos amei.

O amor silencia a voz dos críticos, destrói os argumentos dos céticos. O amor produz respeito, atrai a simpatia das pessoas e prepara o terreno para que as pessoas conheçam o Evangelho de Cristo. Se quisermos alcançar o mundo para Cristo; se quisermos ver nossa Igreja crescendo, precisamos amar uns aos outros, assim como Cristo nos amou.

Ele falou aos seus doze, em particular, isto indica que uma equipe de Doze discípulos se amando no nível de Jesus se tornará uma equipe coesa, unida e focada na conquista. Um discípulo ajudando o outro, sem disputa, sem competição, mas se alegrando e ajudando na conquista do outro. (João 15:12,13).

Amar ao próximo como a nós mesmos, alcança os de fora, aqueles que estão no mundo, mas aqui dentro devemos amar como Cristo nos amou! Esse é o nosso desafio. Essa é a nossa missão. Esse é o nosso testemunho de que de fato servimos a Cristo, esse é a nossa forma de provar a nossa fé, esse é o nosso testemunho cristão, esse é um sinal infalível das marcas de Cristo em nós, esse é um sinal inequívoco de que somos de fato discípulos de Jesus, o Cristo!

Compartilhar: se esta palavra falou com você; compartilhe!

Líder ore por todos, faça o apelo aos visitantes!

Amamos cada um de vocês!

 

Apóstolos Eliezer e Zenita Moreira


Avisos importantes, Leia para todos: Próximo Sábado teremos as 12 horas de oração. Verifique o seu horário de orar no Sábado e se programe junto com seu líder. Próximo domingo será a Ceia do Senhor, separe um quilo de alimento não perecível e leve no culto da Ceia.

 
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Comentarios:
 
TV IACC

Broadcast live streaming video on Ustream

Programação ao vivo

<p>- Domingo: 09:30hs e 18hs - Culto da Fam&iacute;lia<br />
&nbsp;</p>

 

Cultos anteriores | Canal de Videos

Redes Sociais
 Compartilhe:
 

IGREJA APOSTÓLICA CORPO DE CRISTO MINISTERIO PENHA - Tel: 2957-0551 -Email: iacc@iacc12.com.br - Endereço: Rua intiguçu 2601 - São Paulo SP Todos os direitos reservados - 2005 - 2013 - Webdesign