m12 2018
CIDADE DE DEUS
A conquista do território
São Paulo, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018
igreja em celulasvisão celulas
Esboço para célula
27/12/2017
Aprendendo a ouvir não

Lucas 22:39-46

Jesus era um homem de oração e frequentemente orava ao seu Pai em favor de outros. Porém no jardim do Getsêmani, poucas horas antes de sua morte Jesus orou por si mesmo, mostrando-nos que é certo descarregarmos nossas mais profundas inquietações e ansiedades sobre um amoroso Pai Celestial.

Jesus aqui na terra não usou os atributos divinos, ele se fez um ser humano como nós, a grande diferença é que ele não tinha pecado, pois a semente que o gerou não veio do homem, mas de Deus. Tudo o que Jesus realizou na terra foi pelo poder do Espírito Santo, Como Ele era perfeito, ele recebeu o Espírito sem medida. Nele operava todos os dons espirituais e ministeriais.

Jesus Cristo na terra era 100% homem, mas de forma perfeita, como Adão antes de pecar. Nossas mentes frágeis não podem compreender como pode existir tal natureza, porém pela fé, simplesmente acreditamos que é assim. Uma das peças de evidência de que Jesus realmente tinha esta natureza humana, foi aquele choro angustiado na tranquila noite no Getsêmani: “Aba, Pai… passa de mim este cálice”. 

Quando ele enfrentava a horrível perspectiva da crucificação e da separação do Pai, ele chorou profundamente e orou fervorosamente para que não precisasse beber o cálice amargo do sofrimento. Sua humanidade, naquela cena, deveria ficar impressa definitivamente em nossos corações.

Quando ele continua a orar, ele reconhece que todas as coisas são possíveis para o Pai, entretanto sua atitude é:“Contudo, não seja o que eu quero, e sim o que tu queres”. Ele reconhece que na boa providência de Deus não podia haver modo de escapar da crucificação, entretanto, em sua humanidade, ele anseia pela possibilidade remota.

Ele repete a oração três vezes. Seu coração está profundamente perturbado, e seu pedido em lágrimas enche o silêncio da noite.

Como Deus respondeu à oração? Embora a bíblia não relate esta resposta nós sabemos qual foi a resposta de Deus. Sua resposta foi: “Não, Filho, você não pode escapar desta experiência horrível. Tem que beber o cálice até o fim.” É possível que a resposta tenha vindo quando “lhe apareceu um anjo do céu que o confortava” (Lucas 22:43). 

Embora Deus amasse seu Filho unigênito, Ele não o pouparia deste grande trauma. O plano da eternidade para a redenção do homem estava em jogo e não poderia haver nenhum ponto de retorno agora. Pelo bem-estar do mundo, Deus disse “não” a Jesus naquela noite.

Porque Deus disse “não” e porque Jesus aceitou esta resposta, temos o perdão de nossos pecados e a esperança de vida eterna no céu. Ao dizer “não” ao seu Filho, Ele estava dizendo “sim” a nós!

Jesus experimentou o que nós precisamos entender verdadeiramente: Deus, o Pai, sabe o que é melhor. Toda a nossa existência depende de Deus, ele é nosso Criador e Amparo e temos que confiar que Ele agirá em nosso melhor interesse. “Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?” (Romanos 8:32). As “todas as coisas” a que a passagem se refere são bênçãos espirituais e os privilégios que vêm com o sermos Seus filhos.

Deus deixou seu Filho morrer, esperou e viu acontecer, para que nós tivéssemos vida! Isso nos faz entender que, algumas vezes, Deus pode ter que nos dizer “não”, pois este “não” vai ser o caminho para vitórias muito maiores! Há provações e aflições que preferiríamos não experimentar, pedindo ao Pai para afastá-las, mas algumas vezes ele diz “não”. Esta foi a resposta ao pedido de Paulo para a remoção do espinho de sua carne (2 Coríntios 12:9).

O não de Deus sempre vem acompanhado de conforto. Um anjo veio para confortar Jesus, e Paulo ouviu de certo modo estas palavras confortantes: “A minha graça te basta”. Como um anjo confortador, estas preciosas palavras nos ajudam a aceitar o “não” de Deus com dignidade e coragem. O que posso fazer senão dizer “sim” quando Deus, em sua infinita sabedoria, dá uma resposta negativa as minhas ardentes orações?

Foi isto que Jesus fez. Ele se levantou de sua posição de oração, estendeu suas mãos para serem atadas e pregadas, e completou a tarefa que seu Pai lhe havia dado para fazer. Por isso hoje eu e você podemos receber vida, consolo, cura e experimentar o infinito amor de Deus.

Diga para todos repetirem:

Obrigado, Jesus, por nos mostrar como aceitar o “não” de Deus.

Estamos chegando em 2018, é um ano propício para crescer e prosperar, por isso precisamos investir em bons relacionamentos, investir nosso tempo em vidas para que estas conheçam a salvação em Cristo e se tornem discípulos fieis na reprodução deste amor de Deus que receberão através de nós. Jesus pagou um alto preço pela nossa redenção e nos confiou o ministério da reconciliação.

Prática: Faça um momento de oração de gratidão e posicionamento!

Sugestão de Louvor: uma Musica antiga da Fernanda Brum: Tempo de Crescer ou aquela que Deus te tocar para usar.

Atenção: Líder não deixe de avisar!

1. Neste domingo dia 31 o culto será às 21:00 horas e o término as 00:30 minutos com o compartilhar do pão, vamos fazer uma mesa com frutas e salgados para um momento de confraternização. Pegue a instrução com seu líder de qual alimento ou fruta deve trazer.

2. Não esqueçam de preparar a oferta de primícias com o seu pedido; a sua declaração dos seus sonhos e projetos particular diante de Deus para 2018.  A célula também pode, “se quiser”, traçar seus planos, sonhos, projetos e desafios selando com uma primícia, sendo assim deve faze-la hoje e o líder entregar tudo no culto dia 31. Combine para estar com sua célula neste culto da virada para orar e profetizar. Será um ato profético poderoso.

No mor de Cristo a quem devemos a nossa vida e todo nosso tempo. Um beijo no coração!

 

 

 

 

 
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Comentarios:
 
TV IACC

Broadcast live streaming video on Ustream

Programação ao vivo

<p>- Domingo: 09:30hs e 18hs - Culto da Fam&iacute;lia<br />
&nbsp;</p>

 

Cultos anteriores | Canal de Videos

Redes Sociais
 Compartilhe:
 

IGREJA APOSTÓLICA CORPO DE CRISTO MINISTERIO PENHA - Tel: 2957-0551 -Email: iacc@iacc12.com.br - Endereço: Rua intiguçu 2601 - São Paulo SP Todos os direitos reservados - 2005 - 2013 - Webdesign