m12 2017
Família
Plano Divino para Reformar as geografias.
São Paulo, Sábado, 16 de Dezembro de 2017
igreja em celulasvisão celulas
Esboço para célula
31/10/2017
Vencendo a passividade

Marcos 8:22-26; Lucas 18:35-43

Este  ho­mem de  Betsaida era cego e  fora levado por outras  pessoas até Jesus, para que este o curasse e como sempre, Ele o fez. A primeira coisa que quero te dizer hoje é que o Senhor Jesus está vivo e continua curando os enfermos e salvando as vidas através do Seu grande amor. Ele o fez por mim e também fará por você caso creia nEle e o receba como seu Senhor e Salvador.

É impressionante a passividade desse homem de Betsaida. Ele era cego, mas se não fossem seus amigos a suplicarem por ele, ele continuaria paralisado nessa mesma condição. Tão diferente de Bartimeu, também cego, mas quando fica sabendo que o Senhor Jesus passava por ali grita bem alto apesar da repreen­são das pessoas. Foi pela insistência de Bartimeu que não parava de gritar desesperado, que Jesus parou para ouvi-lo. Quando Jesus o chama, ele dá um salto e vai correndo. Ali ele é curado e nem precisou perguntar se ele está vendo, pois o mesmo começa a glorificar a Deus diante de povo.

Veja a diferênça entre os dois cegos

Bartimeu não ficou esperando por ninguem, não ficou parado acomodado com a sua situação e quando as pessoas se levantaram para impedí-lo, ele gritou mais alto ainda e não se intimidou, buscou a sua cura e recebeu. Quando Bartimeu chegou diante do Senhor Jesus ele sabia exatamente o que queria e quando recebeu, se expressou. Fico imaginando ele pulando e gritando glorias a Deus pela cura que recebera, tanto que mesmo seguindo a Jesus pelo caminho a fora, não parava de glorificar.

Em contra partida, o cego de Betsaida ficou esperando ser levado por outras pessoas quando soube que o Senhor chegou naquele lugar, e quando estava diante dEle quem rogou e clamou por ele foi estas pessoas que o levaram. Jesus agiu diferente com ele, pois o pegou pela mão e o levou para fora da aldeia, pois este precisava de algo mais, uma oração apenas não seria suficiente. Ele era mais mudo que cego, aquela cegueira o deixou paralizado e sem nenhuma iniciativa.

Jesus para curar este homem aplica-lhe saliva em seus olhos, isso nos parece estranho, não foi algo comum, mas foi exatamente isso que o Senhor fez, e depois o toca imponde-lhe as mãos. Agora aquele homem enxerga, mas não se expressa e foi necessário o Senhor Jesus lhe perguntar se ele via alguma coisa, é só aí que ele afirma ver pessoas que se parecem com árvores. Em vez de dizer a Jesus que não está enxergando direito, diz o que vê como quem se contenta com uma "meia-cura".

Acima de tudo, aquele homem não enxergava sua própria dignidade. Jesus, porém, não se contenta com a visão turva dele e por isso executa uma cura completa. Veja que foi Jesus que toma a iniciativa de perguntar e de orar novamente, pois se não o fizesse, aquele homem continuaria da mesma forma. A única razão para o fracasso das pessoas está na perda ou na falta de foco ou na falta de objetivo. É preciso saber o que queremos e aonde sonhamos chegar.

Quantas pessoas vivem como aquele cego, contidos em sua própria escuridão existencial, alheios às possibilidades que os cercam, alheios ao poder de Deus e sem interesse quando têm diante de si a abundância de vida. Quantos vivem em absoluta cegueira quanto ao que Deus deseja realizar em suas vidas e ao próprio valor pesso­al. Quantos vivem sem enxergar a sua verdadeira identidade em Cristo, a sua oportunidade de servir ao Senhor usando seus talentos, seus bens e seu tempo.

Muitos não enxergam a benção de estar casados, de ser pais e de ser filhos. Muitos vivem passivos quanto a fé, quanto a família, quanto ao ministério e a salvação. Quantos vivem e não expressam sua fé e não conseguem ver direito o quanto o Senhor já fez e não valorizam aquilo que já receberam. Muitos desistem por causa das falhas que cometem ou pelas falhas do conjugê, dos filhos, dos pais, dos líderes etc., mas Deus me mostrou que a grandeza não é a ausencia de falhas, mas a vontade de superá-las. É preciso sair da acomodação e buscar mudanças.

Nossa visão é de companheirismo e discipulado. Aquilo que aquelas pessoas fizeram foi certo, pois eles levaram aquele homem até a presença do Senhor. Precisamos fazer o mesmo, pois a resposta certa para cada vida vem de Deus. Precisamos apascentar e sermos apascentados, mas fica entendido que não podemos ser passivos, não podemos ser pessoas frias, não podemos ficar parados e satisfeitos com aquilo que já conquistamos, Deus tem mais para nos dar e é preciso buscar, receber e se expressar. A bíblia diz em Salmos 100 que devemos servir ao Senhor com alegria!

Como é bom orar por pessoas que recebem e não ficam passivos. Deus falou ao meu coração que a nossa reação a Sua Palavra é um retrato da nossa fé e do nosso respeito para com Ele. Deus ministrou em meu coração dizendo que o preço que eu estiver disposto a pagar por Ele, determina o quanto Ele vale para mim.

Para alcançar o sucesso é preciso sair da acomodação, o que está faltando em nossa vida é o que certamente não valorizamos e em muitos casos, foi porque ficamos passivo e não agimos. O cristão fiel e verdadeiro não se intimida com as ameaças do inimigo ou com as circunstâncias contrárias, pois está alimentado, fortalecido, convicto do seu papel no reino de Deus e movido com o amor de Cristo por vidas.

Precisamos crer e receber com facilidade. Aquele cego não sabia que era saliva, deve ter pensado; Jesus deve estar ungindo os meus olhos. Foi necessário duas orações com imposição de mãos, mesmo assim, precisou da insistência do Senhor para ele testemunhar e se expressar. Foi exatamente por isso que o Senhor o levou para fora da aldeia, pois diante das pessoas, nem pensar, era muita timidez e muita passividade. Misericordia!

Que sua visão de Deus, da igreja, desta célula, do mundo, de si mesmo, da sua família, do seu chamado e de todo seu potencial em Cristo sejam plenos, claros e tão límpidos quanto a existência de Deus, pois Ele reina e é capaz de realizar um milagre na sua vida. Que seus olhos sejam abertos agora!  Seja livre! Veja! Enxergue! Seja ativo e faça proezas em nome do Senhor Jesus! Deixe Deus abrir os olhos do seu coração para que você enxergue o que precisa ver e saber. Te amamos em Cristo nosso Senhor!

Compartilhar: Com qual dos dois exemplos você se identifica? Você busca e persiste ou depende de alguém puxar você? Ou o que esta palavra falou ao seu coração?

Atenção: Próximo domingo será a Ceia do Senhor, venham e se possível, tragam um quilo de alimento para formação de cestas básicas para as famílias necessitadas! Deus abençoes!

 

Amamos você

 

Apóstolos Eliezer e Zenita

 
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Comentarios:
 
TV IACC

Broadcast live streaming video on Ustream

Programação ao vivo

<p>- Domingo: 09:30hs e 18hs - Culto da Fam&iacute;lia<br />
&nbsp;</p>

 

Cultos anteriores | Canal de Videos

Redes Sociais
 Compartilhe:
 

IGREJA APOSTÓLICA CORPO DE CRISTO MINISTERIO PENHA - Tel: 2957-0551 -Email: iacc@iacc12.com.br - Endereço: Rua intiguçu 2601 - São Paulo SP Todos os direitos reservados - 2005 - 2013 - Webdesign