m12 2017
Família
Plano Divino para Reformar as geografias.
São Paulo, Sábado, 16 de Dezembro de 2017
igreja em celulasvisão celulas
Esboço para célula
06/09/2017
As bases de uma Família Feliz

Salmos: 128:1,4

Estamos vivemos um grande desafio dos nossos dias, pois chegamos em um período da história em que a família tem sido atacada de todos os lados, mas o projeto original de Deus é que a família ocupará um papel im­portantíssimo na revelação do Seu reino sobre a terra. Por isso precisamos alinhar nossas casas com os princípios da Palavra de Deus, fazendo deles nosso alicerce e segurança.

Esta série sobre família revela que Deus está tratando de restaurar nossas estruturas familiares, não estaremos aptos para sair e conquistar a terra como Igreja, se as nossas famílias não forem um lugar de santidade e vida. Por isso, Deus tem nos dado uma visão aonde a família é a "célula principal".

A restauração significa retorno, recomeço, voltar ao plano original. Quando Deus

criou o homem, deu-lhe a incumbência de tornar-se um conquistador. Dominar sobre toda a
terra seria o seu alvo. Entretanto, Deus preparou um lugar chamado Jardim do Éden, um
ambiente onde a primeira família seria forjada para iniciar esta tarefa.

O Éden foi um lar preparado por Deus para a primeira família. Ali havia perfeita harmonia e benção porque princípios divinos reinavam naquele lugar. Vamos voltar lá e extrair esses princípios que, agora em Cristo, podem se tornar a base para que sejamos famílias cheias da glória de Deus.

Jesus Cristo precisa ser o centro, a base, nossos lares precisam estar completamente voltados para Ele. Diz a Bíblia em Gênesis 2:8 que "o Senhor Deus plantou um jardim no Éden, na direção do Oriente, e pôs nele o homem que havia formado". Que simbologia magnífica! O lugar que Deus preparou para o homem estava voltado para o leste, para o nascente.

É interessante notar que em Ezequiel 11:23 e 43:1,2 diz que o tabernáculo de Moisés e o templo de Jerusalém tinham suas entradas voltadas para a mesma direção. Isso traz um sentido espiritual. Em Malaquias 4:2 revela que Jesus é o Sol da Justi­ça. Nossas vidas e famílias precisam estar completamente voltadas para Sua Pessoa, "porque dele, por Ele e para Ele são todas as coisas" (Romanos 11:36).

Um lar não pode ser estabele­cido para satisfação do homem. Muitos se casam com o objetivo de serem felizes, mas para isso acontecer, precisamos almejar a vontade de Deus que e andarmos na direção do seu propósito, pois só assim a nossa família será completa, vitoriosa e feliz. Vejamos alguns princípios fundamentais para ter um lar abençoado segundo o proposto de Deus.

1. Bons valores morais não bastam. Muitos pensam que bons valores morais são
suficientes para expressar a glória de Deus, eles são necessários, mas não suficientes. Portanto, um lar abençoado começa com um posicionamento correto em relação a Cristo. Ele é a Fonte de toda benção. O homem bem sucedido, segundo a Bíblia, é alguém que teme ao Senhor.

Nossa vida familiar prosperará em decorrência disso. O segredo está em temer ao Senhor, viver em função de sua presença e sua vontade. Temer ao Senhor significa que obedecemos os seus princípios, que andamos em Seu caminho e o servimos de coração.

2. O lar como um lugar de comunhão com Deus. Em Gênesis 3:8 mostra que o Éden era um lugar de relacio­namento com Deus. Sua presença era desfrutada todos os dias naquele ambiente. Assim devem ser os nossos lares, lugares de altar, de culto ao Senhor. Em Mateus 6:6 Jesus confirmou este propósito ao dizer: “Entra no teu quarto e, fechando a porta atrás de ti, ora ao teu Pai que está
em secreto. E o teu Pai que vê em secreto te recompensará
”.

Ele não espera que a vida espiritual se desenvolva apenas nos templos ou nos ambientes públicos. O lar foi feito para receber a presença de Deus. Por isso a igreja primitiva cresceu "de casa em casa" (At 2:46).  Em II Samuel 6:9-11 fala de Obede-Edon que recebeu em seu lar a arca da aliança e prosperou, assim devemos nós também fazer da nossa casa um lugar para o Senhor.

Cultivando o ambiente familiar.

O homem deveria cuidar do Éden para que ele permanecesse como um lugar de benção. Deus o colocou ali para cultivá-lo (Gn 2:15). Esta era sua responsabilidade e dela dependia seu bem estar e o de sua casa. Hoje, se queremos famílias cheias da glória de Deus, precisamos fazer o mesmo. O lar cristão é um ambiente a ser cultivado, manejado segundo a boa vontade de Deus. Isso implica em investir esforços para que a vida e a benção floresçam.

2. Removendo ervas daninhas. Não vivemos mais num mundo tão harmonioso quan­to era o de Adão antes da queda. Temos um inimigo que procura de todas as formas semear problemas em nossas casas. Lutamos ainda com uma natureza carnal que acolhe com muita facilidade tais sementes malignas.

Pecados, discussões, ressentimen­tos, excesso de trabalho, ira, violência, consumismo, insensibilidade e tantas outras coisas são ervas daninhas que tomarão o lugar da benção e do fruto do Espírito, se deixarmos. Portanto, compete a nós arrancar tudo aquilo que Deus não plantou e manter limpos os nossos relacionamentos familiares.

2. Trabalhando para cultivar a terra. Cultivar implica em preparar a terra para a boa semente. É
preciso quebrar a dureza do solo e revolvê-lo para que ele se torne apto para a semeadura.
No relacionamento familiar isso é feito quando desenvolvemos o quebrantamento, transparência, confissão de pecados, quando reconhecemos que erramos e pedimos perdão, quando perdoamos e renunciamos nossa própria vontade em favor do bem comum.

3. Plantando boas sementes. A semeadura é parte fundamental da vida cristã. Há uma lei espiritual sobre isso. Em II Coríntios. 9:6 diz que quem semeia pouco, colhe pouco. Quem semeia muito, colhe muito. Se o nosso lar e um jardim a ser cultivado, então precisamos semear neles e não apenas esperar que a terra dê o seu fruto espontaneamente. Deus incumbiu Adão de cultivar o Éden. Isso significa que a benção dependia de uma diligência humana também.

Embora aquele lugar fosse naturalmente abençoado pelo Senhor, era neces­sário que o homem investisse nele para colher o seu fruto. Há boas sementes que precisamos plantar todos os dias nos nossos lares: amor, cari­nho, aceitação, encorajamento, comunicação, fé, disciplina, obediência, submissão, transparência, valorização, gratidão...

Quan­do nos esforçamos por desenvolver tais atitudes, ainda que de imediato não vejamos os frutos, estamos cumprindo a lei da semeadura e, mais cedo ou mais tarde, vamos colher seus frutos. Desejamos a você uma boa colheita. Continua...

Prática: Ore pelas pessoas e suas famílias. Faça apelo para os visitantes e os convide para o culto de domingo.  Neste próximo domingo vamos trocar as fitas do projeto oração, entraremos no último mês.

 

Amamos vocês!

 

Apóstolos Eliezer e Zenita

 
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Comentarios:
 
TV IACC

Broadcast live streaming video on Ustream

Programação ao vivo

<p>- Domingo: 09:30hs e 18hs - Culto da Fam&iacute;lia<br />
&nbsp;</p>

 

Cultos anteriores | Canal de Videos

Redes Sociais
 Compartilhe:
 

IGREJA APOSTÓLICA CORPO DE CRISTO MINISTERIO PENHA - Tel: 2957-0551 -Email: iacc@iacc12.com.br - Endereço: Rua intiguçu 2601 - São Paulo SP Todos os direitos reservados - 2005 - 2013 - Webdesign