m12 2017
Família
Plano Divino para Reformar as geografias.
São Paulo, Sábado, 16 de Dezembro de 2017
igreja em celulasvisão celulas
Esboço para célula
09/08/2017
O verdadeiro exercício da adoração

Habacuque 3:17-19; Lucas 10:27

A Adoração faz parte da vida daqueles que conhecem a Deus, ela é uma fonte de comunhão e relacionamento com o Senhor e isso nos alimenta e nos faz fortes interiormente. Através da adoração tocamos em Deus e quando fazemos isso, acessamos o manancial de vida.

Se vivermos fora da presença de Deus, a vida se tornará difícil, será como um deserto. Jesus falou em Mateus 6:33 que devemos buscar o reino de Deus e a sua justiça em primeiro lugar, se invertermos essa posição, ficaremos fracos e desanimados e a nossa adoração será afetada. Não deixe que a correria da vida afete sua adoração; mas deixe que sua adoração afete a correria da sua vida.

Precisamos escolher nos alegrar sempre no Senhor, pois isso nos dá vigor para vencermos nossos inimigos espirituais e assim crescermos nesta vida. O próprio Deus colocou em nós um desejo universal para adora-lo, é uma intuição no profundo de nosso ser, é uma necessidade inerente que nos move na direção de Deus, se não seguirmos, ficamos vazios e inseguros, isso nos faz correr como baratas tontas sem direção tateando no escuro em busca da uma resposta ou de um lugar seguro.

Muitos nesta busca entram em caminhos errados e se perdem. Toda busca fora de Deus traz resultados passageiros e consequências eternas. Deus colocou em nosso coração o anseio pela eternidade, a busca pelo céu. É o desejo que temos pela presença de Deus que alimenta o fogo da nossa adoração, o desejo de ver e tocar em Deus determina nossas ações diante dEle.

Deus nunca muda, Ele é o mesmo sempre, Ele é perfeito em tudo, por isso a Adoração não muda Deus, na realidade ela nos amolda a Ele, isto é, a adoração traz mudanças importantes e significativas em nós, por isso nossa adoração a Ele nunca deveria cessar, deve ser uma atividade para agora e sempre. Olhando por esta ótica, a adoração é a razão pelo qual devemos viver.  Isso entroniza Deus sobre nós.

A verdadeira adoração nos coloca na presença manifestada de Deus, ali conseguimos perceber sua glória, ali mudamos, melhoramos e crescemos, depois disso seria impossível viver sem Ele, pois percebemos e conhecemos o melhor da vida em dimensões imensuráveis.

Adoração é um exercício do Espírito Santo se movendo em nós na direção Deus, isso mexe com os nossos sentimentos, nos move a ama-lo com intensidade, pois sem sentimentos ardentes por Ele, nossa adoração seria sem vida. Os anjos no céu têm a capacidade de usar a música de forma perfeita e profunda numa imensidão muito superior à nossa.

Um dia chegaremos no céu e lá seremos ensinados na linguagem de louvor e adoração no nível celestial, mas hoje devemos orar para que consigamos trazer o som do céu para a terra, mesmo que por um momento, pois tudo mudaria ao nosso redor.

Identidade de um adorador. Como saber se sou um adorador? O fato de ir a um culto e se engajar nas atividades de adoração, não significa que somos adoradores, mas que somente naquele momento adoramos. Todos podem interceder, mas nem todos são intercessores, todos podem evangelizar, mas nem todos são evangelistas, da mesma forma, todos podem adorar, mas nem todos se fazem adoradores, nem todos desenvolvem a identidade de um adorador (a).

Adoradores não adoram somente aos finais de semana. Eles se conectam com Deus todos os dias. A adoração contínua é central na vida de um adorador. Um adorador oferece sacrifício de louvor a Deus continuamente. Celebração sem cessar, sem fim e louvor perpétuo são as marcas de um adorador. Adoradores não esperam por circunstâncias perfeitas para adorar e não deixam que as circunstâncias do momento os afastem da adoração. Em Salmos 113:3 diz: “Do nascente ao poente, seja louvado o nome do Senhor! ”

Amar a Deus com todo coração, alma, mente e força.  Precisamos ter intensidade espiritual em nossa adoração. A nossa adoração precisa romper o reino físico, ultrapassando o primeiro e segundo céu até tocar o terceiro onde nosso Deus está. Adorar é expressar amor na direção do nosso objeto de adoração, por isso precisamos adorar a Deus com todo o coração, alma, força e mente.

1.  Coração. Adoradores que adoram de todo o coração vão além do natural e do racional em sua adoração. Quando adoramos com todo o nosso coração, damos a Ele tudo. Seremos excessivos e extravagantes, extremamente generosos com o nosso tempo, sentimentos, atitudes e energia dispensados na direção do nosso Deus, Ele é a razão da nossa vida, Ele é tudo para nós.

 

2. Alma. Em segundo lugar, Deus quer que O amemos com toda a nossa alma. Isso requer envolvimento das nossas emoções. O Salmo 103:1 diz: "Bendiga (afetuosamente, com ações de graças) ao Senhor, ó minha alma; e tudo o que está (no mais profundo) em mim, bendiga o Seu santo nome!

Devemos adorar a Deus com paixão profunda e emoção. Deus nos fez com emoções. Expressar emoções é natural. Quando o nosso coração transborda dentro de nós, nos emocionamos, se não emocionar, tem alguma coisa errada. Assim como não devemos conter nossas expressões emocionais com o nosso cônjuge, também não deve contê-las em adoração. Nossa adoração deve ser experiencial, expressiva e emotiva. O Senhor se alegra com esse tipo de adoração.

2. Força. Em terceiro lugar, devemos amar a Deus com toda a nossa força, aqui envolve o corpo. Em I Crónicas 13:8 mostra o rei Davi e todos os israelitas dançando e cantando com todo o vigor diante de Deus, ao som de harpas, liras, tamborins, címbalos e cornetas!

3. Mente. Em quarto lugar, o Senhor quer que nós O amemos com toda a nossa mente. Note a ordem das palavras em Lucas 10:27 - coração, alma, força e mente. A primeira é a mais importante. Você deve ter atitude de coração. A segunda e terceira são as formas como você expressa essa atitude. A última é com a "mente, decisão". Isto significa que na nossa adoração precisamos usar o nosso intelecto para contemplar a Deus, usando nossa vontade, usando o nosso livre arbítrio. Da parte de Deus Ele procura adoradores, da minha parte eu decido ser um adorador, isso implica em atitudes.

Quando adoramos a Deus pensando em Seu caráter e atributos, isso impacta o nosso espírito (coração). Vamos nos maravilhar ao pensar em quão grande Ele é. Adoradores que adoram desta forma são focados e conscientes de Deus e não são facilmente distraídos. Eles são dedicados a Deus, expressivos e transbordantes em amor. Verdadeiros adoradores contagiam a outros, criando neles uma fome por Deus e um desejo de estarem conectados com Ele. Isso muda tudo na vida de todos!

Compartilhar opcional: O que você entendeu nesta palavra de hoje? O que você pretende fazer?

 

Líder ore por todos, faça o apelo e profetize salvação sobre as famílias.

 

 

 

 

 
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Comentarios:
 
TV IACC

Broadcast live streaming video on Ustream

Programação ao vivo

<p>- Domingo: 09:30hs e 18hs - Culto da Fam&iacute;lia<br />
&nbsp;</p>

 

Cultos anteriores | Canal de Videos

Redes Sociais
 Compartilhe:
 

IGREJA APOSTÓLICA CORPO DE CRISTO MINISTERIO PENHA - Tel: 2957-0551 -Email: iacc@iacc12.com.br - Endereço: Rua intiguçu 2601 - São Paulo SP Todos os direitos reservados - 2005 - 2013 - Webdesign