m12 2017
Família
Plano Divino para Reformar as geografias.
São Paulo, Terça-feira, 17 de Outubro de 2017
igreja em celulasvisão celulas
Esboço para célula
22/03/2017
O Caráter Cristão e o Fruto do Espírito – Parte V

Gálatas 5:22-23

O Fruto do Espírito de Deus se revela como um fruto com nove sabores ou com nove manifestações, estas manifestações contrapõem as obras da carne que uma vez alimentada, sobressai, escravizando a vida da pessoa afastando-a de Deus.

Deus nos criou e nos ama, mas o pecado nos afastou dEle, Ele é a resposta aos nossos anseios e necessidades, quando nos alimentamos dEle, somos libertos, curados e salvos, entramos em um novo nível de vida onde o amor, a alegria, a paz, a longanimidade e a benignidade se tornam verdade em nós.

O fruto da carne contrário a Benignidade traz julgamento, criticas, condenação, inveja, desejo mal aos outros, faz as pessoas se alegrar com o mal e se entristecer com o bem. Mas o projeto de Deus é que tenhamos o Fruto do Espírito para que sejamos parecidos com o Senhor Jesus! O Espírito Santo usa a Bíblia que é a Palavra de Deus, para nos levar a estatura de Cristo e assim desenvolver em nós o caráter correto e firme, nos fazendo maduros e inabaláveis diante das intempéries da vida.

Se o Amor, alegria e a paz são manifestações internas que refletem do nosso interior com o propósito de curar os ambientes ao nosso redor, a longanimidade, benignidade e bondade são manifestações externas que nos levam na direção das pessoas que Deus quer alcançar, começando pela nossa família.

Já falamos sobre amor, alegria, paz e longanimidade, hoje falaremos sobre Benignidade:

A benignidade é bastante parecida com a bondade que estudaremos na próxima semana. Você irá perceber que a benignidade está relacionada com o julgar as ações das pessoas. O oposto de benignidade é malignidade, aquele que não é benigno é maligno. O contrário de bondade é maldade, ou seja, aquele que não é bom, é mau!

Benignidade é a disposição para pensar bem a respeito das pessoas, daí o fato de estar ligada com o julgar. Ser benigno significa também ser flexível. Deus não quer que sejamos demasiadamente inflexíveis com as pessoas. A raiz da benignidade é a Bondade, é a ação de ser bom, gentil e reto para com o próximo. Devo pensar e agir benignamente, sempre pensar o bem em primeiro lugar.

Antes de sabermos a intenção de alguém, devemos agir com uma disposição a perdoar e a agir com brandura e gentileza. Exemplo: Quando chega ao seu conhecimento de que alguém fez algo contra você, converse com a tal pessoa indo até ela com o coração disposto a reconciliar. Quando você marcar um compromisso com alguém e ela falhar, antes de julgar pense o bem, pois algo pode ter acontecido, um imprevisto por exemplo. Se por acaso pessoa falhou com você, seja longânimo e benigno para resolver, pois isso vai curar e abrir portas trazendo paz.

A benignidade de Deus. Deus é benigno, pois ele está sempre disposto a agir com bondade para conosco, entretanto, a sua benignidade tem um sentido mais pleno, pois devido a sua onisciência, ele sabe perfeitamente as intenções do nosso coração.

O conceito de benignidade é a disposição em ser bondoso com o próximo. Embora Deus conheça o nosso coração, ele nos ama e sempre está disposto a ser bondoso, isso nos serve de modelo; independente do que o meu próximo pensa a meu respeito, devo sempre estar disposto a ser bondoso para com ele. Benignidade fala de tratarmos as pessoas com gentileza e respeito. Uma palavra gentil, uma ação amável realmente pode fazer maravilhas na nossa vida e na vida de outras pessoas.

A benignidade aponta para a amabilidade, para a gentileza, eles são reflexo do amor de Deus em nós. Uma vez que o Espírito Santo começa a nos transmitir do Seu amor, a qualidade da amabilidade seguirá bem junto a nós. Tornar-se-á muito mais fácil sermos amável com os outros, uma vez que o amor de Deus passa a fluir mais em nossa personalidade.

Como já falamos, a benignidade significa ser amável, bondoso e gentil, é o oposto a um temperamento rude, amargo e perverso. É uma disposição de ser agradável, brando, de uma disposição serena e uma disposição de tratar com toda cortesia e polidez. Esse é um dos efeitos da presença do Espírito Santo em nós.

Em Efésios 4:31,32 diz: “Longe de vós toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmia, e bem assim toda malicia. Antes sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus em Cristo vos perdoou. ”

Em Colossenses 3:12,13, o Apóstolo Paulo adverte-nos: "Revestí-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de coração compassivo, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade, suportando-vos e perdoando-vos uns aos outros, se alguém tiver queixa contra outro; assim como o Senhor vos perdoou, assim fazei vós também. ”

Quando estudamos a vida de Jesus no Novo Testamento, realmente podemos dizer quão amável Ele sempre foi para com outras pessoas no Seu trato com elas. Jesus é sem dúvida o modelo final para todos nós, de alguém que estava plenamente operando em todas as nove expressões do fruto do Espírito Santo. Em II Coríntios 10:1 diz que Cristo Jesus é manso e benigno e assim devemos proceder.

Vejamos alguns textos bíblicos sobre Deus:

Salmos 36:7 diz: Como é preciosa, ó Deus, a tua benignidade! Por isso, os filhos dos homens se acolhem à sombra das tuas asas.

Salmos 90:14 diz: Sacia-nos de manhã com a tua benignidade, para que cantemos de júbilo e nos alegremos todos os nossos dias.

Provérbios 3:3 diz: Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao pescoço; escreve-as na tábua do teu coração

Provérbios 20:6 diz: Muitos proclamam a sua própria benignidade; mas o homem fidedigno, quem o achará?

Tito 3:4 diz: Quando, porém, se manifestou a benignidade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor para com todos, não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerados e renovador do Espírito Santo. Amém!

Pratica: orar por todos para que o Fruto do Espírito seja desenvolvido, principalmente a benignidade. Ore pelas cadeiras vazias, desafie os discípulos a trazerem alguém na próxima célula.

Atenção: Próximo domingo será o culto do amigo, ore hoje pelos amigos que cada um vai trazer

 

Amamos vocês!

 

Apóstolos Eliezer e Zenita

 

 

 
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Comentarios:
 
TV IACC

Broadcast live streaming video on Ustream

Programação ao vivo

<p>- Domingo: 09:30hs e 18hs - Culto da Fam&iacute;lia<br />
&nbsp;</p>

 

Cultos anteriores | Canal de Videos

Redes Sociais
 Compartilhe:
 

IGREJA APOSTÓLICA CORPO DE CRISTO MINISTERIO PENHA - Tel: 2957-0551 -Email: iacc@iacc12.com.br - Endereço: Rua intiguçu 2601 - São Paulo SP Todos os direitos reservados - 2005 - 2013 - Webdesign