m12 2018
CIDADE DE DEUS
A conquista do território
São Paulo, Sbado, 21 de Abril de 2018
igreja em celulasviso celulas
Esboço para célula
02/10/2013
A importância de viver o Primeiro amor

Apocalipse 2.3-5; Lucas 15:4-7

Na semana passada falamos da necessidade de confiarmos em Deus exercendo a fé, a confiança, tendo sempre prazer em servi-lo, entregando tudo a Ele e assim descansarmos sem ficarmos inquietos e preocupados, sabendo que Ele vai cuidar de cada um de nós. Foi isso que Ele prometeu para aqueles que nEle confia.

Esta palavra de hoje nos mostra que confiar em Deus expressa nosso primeiro amor e revela algo atual e verdadeiro que precisamos viver. A igreja de Èfeso citada neste texto recebe uma carta de incentivo, mas com uma admoestação do Senhor Jesus: “Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor.”

Vejamos porque precisamos buscar viver intensamente este primeiro amor e lutar por conservá-lo! Este amor fala da essência da nossa fé em Cristo, ele é a base para uma vida em Deus crescente e permanente, ele é o combustível que mantem nossa fé acesa, incendiada. O primeiro amor nos leva a servir a Deus e querer tudo o que se relaciona com Ele, com todas as nossas forças. 

1.     O primeiro amor torna a vida cristã emocionante: Ter o primeiro amor ardendo em nosso coração prioriza Deus dentro de nós. O primeiro amor coloca o Senhor como a pessoa mais importante da nossa vida, somos movidos na direção dEle, nossa vida cristã se torna leve, prazerosa e ardente.

Nada é difícil e tudo é possível de se realizar para o Senhor quando o primeiro amor está vivo dentro de nós, de fato a vida em abundância se torna real, pois a cada dia queremos estar mais perto dEle, a cada dia queremos agradá-lo com toas as nossa forças.

2.     O primeiro amor se doa: Quando vivemos o primeiro amor, somos capazes de nos doar a uma pessoa sem saber quem ela é; intercedendo por ela, estendendo a mão, sem ao menos conhecê-la direito, este amor nos leva ao caminho do discipulado, do cuidado que temos um com o outro. Somos surpreendidos pelo Senhor neste primeiro amor, pois este foi derramando em nosso coração Pelo Espírito Santo conforme diz em Romanos 5:5.

3.     O primeiro amor não é malicioso: Ele é puro, inocente, não busca seus próprios interesses, pensa no próximo, se preocupa com ele, deseja o bem, não descansa enquanto não manifestar este amor às pessoas. Precisamos ser restaurados e renovados a cada dia no primeiro amor.

4.     O primeiro amor nos move a parar para buscar: Se acontecer de um irmão cair, se machucar, se magoar, ficar desanimado, triste ou desviar do caminho da vida, este primeiro amor arderá em nós e nos conduzirá a cuidar, acalentar e trazer de volta ao aprisco. O que fez o pastor da parábola de Cristo?  Deixou as 99 ovelhas no aprisco no deserto e foi buscar a ovelha perdida. É isso que o primeiro amor faz, ele não é egoísta e sempre está disposto.  (Lucas 15:4-7).

O Senhor conhece todas as coisas, Ele sabe quem somos e nos olha por dentro. Peça a Deus para restaurar o seu primeiro amor. Precisamos ser totalmente desprovidos de toda malícia, segundas intenções, falsidades, intenções erradas em nome do Senhor Jesus.

O primeiro amor tem algumas características:

1.      Não mede esforços: Quantas vezes proclamamos que amamos a Deus, mas não temos as coisas dEle como prioridades nas nossas vidas. Não temos tempo para uma comunhão íntima com o Senhor, para ler a Sua Palavra... Priorizamos o futebol, o lazer, ou até mesmo os negócios e deixamos o Senhor em segundo plano. O primeiro amor não faz assim, Ele prioriza a comunhão com Deus e o seu reino, pois sabe que toda provisão e suprimento vem dEle.

2.      Procura amizades antigas: O primeiro amor valoriza as amizades antigas, as pessoas que foram especiais, que foram ombro amigo nos momentos difíceis. O primeiro amor não é esquecido, ele sabe valorizar aqueles que falaram na nossa vida, que foram instrumentos de Deus para nos abençoar. Não podemos esquecer-nos daqueles que nos ensinou e cuidou de nós. Jesus disse que basta ao discípulo ser igual ao seu mestre, isto significa respeitar sempre, ser submisso e se crescer mais que o mestre, significa que ele cumpriu seu papel e precisa ser honrado. Ele não deixará de ser autoridade por ter menos conhecimento.

3.      É humilde: Quem tem o primeiro amor retorna o caminho, revê seus conceitos e valores e se precisar, recomeça. Quem tem o primeiro amor é humilde para reconhecer seus erros e para pedir perdão. Como é importante saber reconhecer quando se está errado, se arrepender, confessar e pedir perdão. Isso liberta e cura a alma, restaura relacionamentos quebrados e traz alegria ao coração. É assim que crescemos e prosperamos. Disse Jesus: ”Lembra-te de onde caíste! Arrepende-te, e pratica as primeiras obras...” Ap 2.5.

4.      É fervoroso: Quando o primeiro amor está aceso dentro de nós, temos prazer nas coisas do Senhor, ir ao culto é motivo de regozijo, nos rendemos ao tratamento, recebemos cura na alma com facilidade e assim, seja no louvor como na oração, nos rendemos e ministramos ao coração de Deus. O primeiro amor se expressa e nos leva a receber a Palavra com alegria.

Toda Palavra de vida, ânimo, fé, encorajamento, ensino e confronto não se torna corriqueiro, pelo contrário, ela permanece e desenvolve um desafio novo a cada dia na vida daquele que tem o primeiro amor. A pessoa portadora do primeiro amor fala de Jesus pra todo mundo, testemunha sobre sua vida, convida todos os amigos e conhecidos pra virem na célula e igreja, e, se souber de alguém passando por sofrimento, visita e ministra o amor e cuidado do Senhor.

Existem também aquelas pessoas que perderam o primeiro amor ministerial. O primeiro amor ministerial é alegre, liberal, evangelizador! Se você perdeu a magnitude do primeiro amor, lembre-se; Deus te ama, Ele te quer, foi Ele quem te escolheu e por você enviou Seu filho amado Jesus, nunca se esqueça, Jesus Cristo é a razão da nossa vida. Ele é nosso único Senhor e Salvador, Ele é a razão do primeiro amor existir dentro de nós. Veja: O Senhor Jesus cobrou o primeiro amor, por isso não posso deixá-lo esfriar dentro de mim!

O primeiro amor é puro, inocente, doador, ardente, dedicado, conselheiro, amigo, fiel, companheiro... O próprio Jesus disse: volta ao primeiro amor, as primeiras coisas que hoje, talvez você não valorize mais, mas que são relevantes para uma vida plena e completa na terra.

Se não vigiarmos poderemos perder a essência do primeiro amor. Por exemplo: A Falta de tempo para buscar a Deus, as magoas que sorrateiramente voltam aos nossos sentimentos, o cansaço do dia a dia que nos vai envolvendo e roubando o vigor, e outras prioridades que nunca deveriam tomar o lugar do Senhor na nossa vida. É hora de renovo, é tempo de recomeçar e avivar a presença de Deus em nós. Vamos orar e clamar para que o primeiro amor seja renovado na nossa vida. Amém?

Queridos, somos a família IACC, quantas coisas boas já aconteceram, é muito bom estarmos juntos aqui, é bom termos você aqui hoje, nunca vamos nos esquecer de você e destes momentos maravilhosos! Amamos-te muito em Cristo nosso Senhor. Amem!

Compartilhar: Você sente este primeiro amor ardendo pelo Senhor Jesus ou ele está se esfriando dentro de você? Você sabe qual é o motivo do esfriamento? Você quer hoje declarar este amor por Cristo? Então ore comigo esta oração de entrega declarando o Senhorio dEle na sua vida e seja salvo!

 Um beijo no coração!

 

Apóstolos Eliezer e Zenita C. Moreira
 
 
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Comentarios:
 
TV IACC

Broadcast live streaming video on Ustream

Programação ao vivo

<p>- Domingo: 09:30hs e 18hs - Culto da Fam&iacute;lia<br />
&nbsp;</p>

 

Cultos anteriores | Canal de Videos

Redes Sociais
 Compartilhe:
 

IGREJA APOSTÓLICA CORPO DE CRISTO MINISTERIO PENHA - Tel: 2957-0551 -Email: iacc@iacc12.com.br - Endereço: Rua intiguçu 2601 - São Paulo SP Todos os direitos reservados - 2005 - 2013 - Webdesign