m12 2017
Família
Plano Divino para Reformar as geografias.
São Paulo, Sábado, 16 de Dezembro de 2017
igreja em celulasvisão celulas
Esboço para célula de jovens
02/06/2010
Proteja a sua alma

Salmos 19:7-10

Durante a nossa vida, encontraremos pessoas com conceitos totalmente diferenciados dos nossos. Isso ocorre porque a alma é cheia de conceitos. Alguns são “autoconceitos”, outros são conceitos que nós mesmos permitimos que entrem através de influências externas, como, por exemplo, pela mídia falada, escrita ou televisiva. Como jovens precisamos ter cuidados para não sermos influenciados por conceitos mundanos, mas agirmos como Daniel e José, dois jovens que não perderam os princípios da Palavra e da família.

 A alma tem uma capacidade incrível de absorver rapidamente conceitos e o mais notável é que eles não pedem licença para povoá-la. Cabe a nós fecharmos ou abrirmos a janela da alma para tais conceitos. Em todo tempo nossa alma está exposta e de alguma forma estaremos sendo influenciados, é preciso cuidado.

 Infelizmente a nossa inteligência está arrefecida por conceitos humanistas, demoníacos e por aqueles criados por nós mesmos, chamados “autoconceitos”. Não é difícil encontrar pessoas experientes, que um dia foram jovens altruístas, mas que agora carregam conceitos totalmente errados e destruidores. Nunca pense que você possui uma alma resolvida, pois se você pensar assim, essa atitude o denunciaria como alguém que não está aberto ao confronto e tratamento de caráter. A alma foi criada para receber os princípios de Deus e não para absorver os padrões do mundo.

Os autoconceitos e conceitos seculares têm trazido enfermidades para a alma quando sofrem influência de doutrinas que não condizem com a Palavra de Deus. Os princípios bíblicos atuam como mísseis, que vão destruindo as fortalezas do engano que desejam prender as pessoas em seus autoconceitos.

Aprendemos, então, que muitos pensamentos, aparentemente bons, devem passar por um processo de reconstrução e outros precisam ser removidos. Criamos conceitos e fazemos deles nosso estilo de vida. Isso decorre um risco, porque tentamos padronizar esses conceitos no namoro, na família, no setor de trabalho, enfim, no meio no qual vivemos.  Deus quer-nos ensinar a proteger a nossa alma, a alma da família e a alma dos discípulos.

1. Família

 A família é a célula principal, portanto requer maior atenção. O fato de ser jovem casado ou não, não lhe dá o direito de cometer tolices na aliança familiar. Não se deve maltratar as pessoas de casa, desrespeitar ao pais ou futuro cônjuge, maltratar os irmãos. Pois, quando a pessoa tem uma alma desprotegida, os de casa são, justamente, os que mais sofrem. Às vezes sofremos com nossos pais e às vezes com nossos filhos, etc., mas se nossa alma estiver protegida, não seremos instrumentos de feridas, perdoaremos com failidade, superaremos tudo e andaremos na abundância do senhor.
 
Se não soubermos proteger a alma do outro em casa, não possuiremos condições de proteger a alma de mais ninguém. A aliança mais profunda, após a que temos com Deus, é o casamento e você que pretende se casar precisa saber que se alguém consegue ser violento com o cônjuge, é porque não houve respeito no namoro e a qualquer momento denunciará essa alma a todos e assim todos sofrerão, e os de fora saberão. 
 
2. Discípulos
 
 Observe que Satanás sempre quer armar uma cilada através de uma má notícia. Ele manda emissários, verdadeiros coveiros para provar a sua alma. Às vezes ocorre de você ir à reunião de célula e alguém comentar com você algo desagradável ou mesmo uma má notícia. Se você não tiver maturidade para digerir essa informação, ‘vomitará’ a angústia da alma no primeiro que aparecer.

 Hoje queremos chamar sua atenção para algo muito importante: Trabalhamos pelo mesmo Reino, apesar  de nossas particularidades, discípulo e discipulador. Jovem, vigie suas atitudes, mais tarde seus discípulos parecerão com você. Não pense que porque você ainda não está liderando uma célula, ou porque é jovem não influencia a vida de outros, se você é da família Penha, já é um agente influenciador.

Vou repetir! Você é um agente influenciador! O ser humano tem a tendência natural de parecer com quem mais o influencia, com as pessoas com as quais ele mais convive. Na convivência, vamos amadurecendo e entendendo que nossas diferenças, quando somadas, tornam-se uma preciosidade para o Reino. Aleluias!

 3. Colocando em ordem as emoções
 
 Precisamos colocar em ordem nossas emoções, caso contrário, traumatizamos aqueles que convivem conosco. Se não vigiarmos, podemos, até mesmo, levá-los à queda. É preciso respeitar os princípios bíblicos para ter as emoções ajustadas. O modelo da igreja em células tem uma proposta de libertação e cura interior, o discipulado, Encontro, reencontro, etc., nos cura e liberta, pois nossa chamada não é apenas profética, mas também sacerdotal. Por isso, cuidado! Sempre estaremos lidando com vidas e cuidando de vidas.
 
Não devemos andar segundo o que achamos ou pensamos, mas conforme o que a Bíblia diz. É fantástico caminhar com alguém que cita a Bíblia em qualquer circunstância. Você pergunta algo para essa pessoa e ela sempre responde com a Palavra.
 
4. Conhecer a Bíblia para proteger a alma
 
 Conhecer os livros de Eclesiastes e Provérbios, por exemplo, traz riquezas para o dia-a-dia, pois estão recheados de princípios que protegem a alma. Meditar nesses livros diariamente e memorizar seus versículos é trazer, para qualquer situação da vida, uma palavra rhema (revelação). Outro livro saboroso é o de Salmos, pois também contêm princípios, muitos deles através de denúncias. Isso nos importa dizer: eu quero viver o que a Bíblia diz e, não o que eu acho ou penso. Esse é o segredo.

 Então, quando alguém perguntar o que você acha sobre determinado assunto, a resposta deve ser: o que  eu acho não é importante, eu quero lhe dizer o que a Bíblia diz. O que está contido na Palavra de Deus precisa ser nosso verdadeiro estilo de vida, pois é assim que andaremos em vitória.

 Quando alguém chega até você para compartilhar algo, independente do que seja, o que você acha deve desaparecer e a análise da situação deve ter como base o que a Bíblia diz. Você precisa conhecer os princípios bíblicos para que o julgamento em relação às diversas situações que surgem não seja realizado de forma errada.   Continua...
 
fonte Mir/adaptado para nossa realidade
 
Compartilhar: Nosso desejo é ensinar a Palavra para que você viva a plenitude da salvação e da presença de Deus na sua vida. Primeiro: Comente o que Deus falou a você através desta palavra, e o que lhe chamou mais atenção? Segundo: você que foi no Encontro e Reencontro, testemunhe o que significou pra você, sem contar detalhes, é claro?
 
 
Um beijo no coração!
 
Apóstolos Eliezer

 

 
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Comentarios:
TV IACC

Broadcast live streaming video on Ustream

Programação ao vivo

<p>- Domingo: 09:30hs e 18hs - Culto da Fam&iacute;lia<br />
&nbsp;</p>

 

Cultos anteriores | Canal de Videos

Redes Sociais
 Compartilhe:
 

IGREJA APOSTÓLICA CORPO DE CRISTO MINISTERIO PENHA - Tel: 2957-0551 -Email: iacc@iacc12.com.br - Endereço: Rua intiguçu 2601 - São Paulo SP Todos os direitos reservados - 2005 - 2013 - Webdesign