m12 2017
Família
Plano Divino para Reformar as geografias.
São Paulo, Sábado, 16 de Dezembro de 2017
igreja em celulasvisão celulas
Esboço para célula de jovens
23/07/2010
Passos firmes para um compromisso de sucesso - 2

 


Colossenses 3:5,6; Salmos 119:9-11
 
Vimos na semana passada que não devemos deixar que as paixões carnais venham matar tudo o que sonhamos em Deus. Vimos tambem que quando um jovem descobre que pode ser santo, ele se torna uma inspiração para outros jovens. A Palavra diz que você jovem, é forte e já venceu o maligno.
 
O compromisso nos princípios de Deus vem trazer um novo conceito de santidade para juventude nos relacionamentos, que confronta violentamente os conceitos do mundo, mas que traz segurança e paz.
Em Gênesis no capítulo 24, vemos os passos de um compromisso de sucesso. Na semana passada vimos cinco passos, hoje continuaremos de onde paramos. Esses passos levam o jovem a ter êxito na sua vida sentimental.
 
Sexto passo: Ser uma pessoa de oração.
 
O verso 63 do capítulo 24 de Génesis relata em que condição se encontrava Isaque quando avistou a caravana na qual vinha Rebeca. Ele estava meditando na viração do dia, ou seja, ele estava orando. Isso significa intimidade com Deus. Isaque estava a ponto de dar o maior passo da sua vida: ia casar, ia unir seu destino ao de uma pessoa com quem não tinha con­vivido. A oração é primordial neste processo; só a oração gera intimidade com Deus. Quanto mais você busca ao Senhor, mais conhece o Seu coração, fica mais perceptivo à Sua von­tade e erra menos. Isaque estava dis­posto a esperar pacientemente o seu encontro com Rebeca. Em Salmo 40:1, lemos: "Esperei com paciência pelo Senhor, e ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor." O amor tudo espera. Esse passo é extremamente importante na vida do adolescente, jovem ou adulto solteiro.
 
Sétimo passo: Adormecer seus sentimentos.                     
 
Isaque e Rebeca esperaram o dia do seu en­contro, pois eles entendiam que havia um processo a ser cumprido. Lembre-se de Adão: quando ele adormeceu, Deus pôde lhe dar Eva. Adormecer os seus sentimentos implica você calar o seu eu e a sua vontade. Todos temos um estereótipo da pessoa com quem desejamos casar, l Samuel 16:7 diz que o Senhor não vê como o homem. O homem olha para aquilo que está diante dos seus olhos, porém o Senhor olha para o coração. O comportamento jovem de procurar uma moça baseada somente no seu padrão físico é uma cilada diabólica e muitos têm caído nela, muitos jovens de Deus têm saído do propósito. Você precisa ouvir a voz de Deus como Samuel ouviu, e adormecer os seus sentimentos, para que a sua vontade não entre num caminho sem volta.
 
Oitavo passo: Ser paciente.
 
Quando a Bíblia descreve Rebeca dando água para o damasceno Eliezer, e não só para ele, mas tam­bém para todos os seus camelos, vemos que Ele observou e reconheceu nas atitudes de Rebeca grandes qualidades morais: bondade, caridade, hospitalidade e disposição para servir. Mas, foi principalmente na paciência que o damasceno Eliezer viu toda a nobreza que a família de seu senhor possuía. A paciência é o grande teste de um jovem. Rebeca não sabia que estava sendo atentamente analisada. Deus testa a nossa paciência quando temos que abrir mão do namoro, do "ficar", da paquera, de uma aventura... Naqueles momen­tos de solidão, tudo o que uma pessoa quer, é ser amada, ser elogiada, sentir-se desejada. Tenha paciência! Quando você vir o tempo passar e tudo parecer que nada acontece na sua vida sentimental, lembre-se: você está sendo observad(a)o.
 
Nono Passo: Submeter-se ao tempo de Deus.
 
O solteiro está normalmente ligado a sua mãe, e o casado, a sua mulher. Quando Sara morreu, uma profunda tristeza entrou no coração de Isaque pois ele perdeu o referencial da figura feminina familiar. As mães judias ti­nham e até hoje têm um papel fundamental na criação de seus filhos. Sara era assim: um porto seguro. Isaque poderia não aguentar a tristeza de perder sua mãe e procurar um jeito para ser consolado na sua solidão, mas ele esperou até seu pai julgar ser o tempo oportuno. Então, Abraão percebendo a tristeza de seu filho, resolveu dar-lhe uma esposa.
 
Deus conhece a nossa necessidade antes de lhe pedirmos qualquer coisa (Mt 6.25-34). Nós não sabemos exatamente quanto tempo durou entre a morte de Sara e a decisão de Abraão bus­car uma esposa para Isaque, mas uma coisa podemos afirmar: foi na hora certa. Eclesiastes 3:1 diz: "tudo tem seu tempo determinado e há tempo para todo propósito debaixo do céu".
 
Sempre falamos aos nossos jovens que guar­dem seus corações e aprendam a esperar o tempo de Deus. Quando eles nos procuram para falar de algum sentimento novo no seu coração, a primeira coisa que dizemos a eles é: vamos orar! E, oramos no mínimo por três meses. Você pode dizer: Parece um tempo longo demais, mas depois você entenderá que é necessário para amadurecer e compreender melhor o que você estã sentindo. Muitas jovens ainda não estão preparados para entrarem num compromisso, principalmente pela falta de maturidade. A ma­turidade não está relacionada somente com o fator idade, inclusive cientificamente é provado que as meninas amadurecem mais cedo que os meninos. Por isso, cuidamos para que os nossos jovens não se exponham a nenhum tipo de sen­timento prematuro
 
Décimo Passo: Fugir da tentação
 
Rebeca e Isaque foram afortunados com a experiência de saírem do primeiro encontro para o casamento. Nos dias atuais, é muito difí­cil isto acontecer. Temos que aprender a lidar diariamente com a sedução e apelos eróticos (revistas, filmes, programas de tv, vestimentas, internet, etc...). Tiago 4.7 diz: “Sujeitai-vos, pois, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós”. Sujeitar-se a Deus é se apresentar hu­mildemente diante dEle e reconhecer as próprias débilidades. É deixar o Senhor tomar o controle da sua vida. É fazer dEle o dono de tudo o que é seu. O jovem discípulo que tem um espírito recriado não terá dificuldade em subjugar o seu corpo à obediência da Palavra de Cristo. O homem carnal não consegue en­tender isso, pois a sua mente não é renovada
 
Os padrões do mundo não são os padrões de Deus. Embora muita coisa seja apresentada com o rótulo de "normal e inofensivo", vão diretamente contra os propósitos de Deus para Seus filhos. Cabe ao jovem manter santo o seu caminho, pois se sujeitar a Deus também é decidir andar no caminho da santi­dade. Depois de nos sujeitarmos a Deus, vamos re­sistir ao diabo e ele fugirá de nós. A que deve­mos resistir? Aos apelos da carne. Aprenda a dizer não. O diabo só fugirá se a resistência for constante, não só ocasionalmente movida por um impulso momentâneo de santidade(Is 35:8)..
 
Evite despertar em você e em outra pessoa desejos que não podem ser atendidos fora do casamento. Não tente provar o seu auto-controle. Uma ilustração fala bem disso: um rato que deseja comer o queijo de uma ratoeira, sempre acha que pode driblar a mesma, usufruir do queijo e sair ileso. O mal de muitos jovens é achar que podem fazer o mesmo, que são fortes o suficiente para resistir às tentações, confiando em seu autodomínio, avançando nas carícias até que, completamente envolvidos, não conseguem parar. Entregar-se às carícias é o mesmo que alimentar a carne.
 
Décimo primeiro passo: Ter cuidado com o isolamento
 
"A porção do Senhor é o seu povo, Jacó é a sua parte, a sua herança. Achou-o numa terra deserta, num ermo solitário. Rodeou-o, instruiu-o, guardou-o como a menina dos seus olhos."(Dt 32:9-10)
Nós somos propriedade exclusiva de Deus, Sua parte, Sua herança. Ele nos tirou do isola­mento da solidão. Sempre que nos encontramos sozinhos, o Senhor vem ao nosso encontro, nos tira da solidão e nos guarda como a menina dos Seus olhos.
 
Sempre que os compromissados forem sair juntos, devem procurar estar na companhia de irmãos, amigos que possam trazer proteção ao casal e livramento de tentações e aparências do mal. Estejam atentos também a outro comporta­mento que parece inofensivo: andar de carro sozinhos. Se vocês estiverem sempre acompa­nhados, estarão evitando o apelo da carne para libidinagens (sensualidade) e intimidades fora do tempo.
 
Você pode notar que, quando um jovem está junto da pessoa amada, ele tem a tendên­cia de querer estar sozinho com ela; é a síndrome do isolamento. O que fazer? Sejam criativos! Hoje o meio evangélico oferece tan­tas opções de passeios e saídas, e, em se tratando da Visão Celular, muito mais. Pois é, só fica sozinho quem não quer fugir das tentações.
 
Décimo segundo passo: Receber o fluir do suprimento de Deus
A vida financeira de um jovem é um desafio para ele. A preocupação com o suprimento, com tudo o que ele precisa é um gigante, porém sinta-se desafiado a crer acima do que você tem visto. Mova o sobrenatural e entre no mundo da fé onde as riquezas de Deus estão guardadas e preparadas para serem entregues a um coração fiel e generoso. Não receba palavras negativas quando tiver uma palavra de Deus.
 
Em tudo Isaque e Rebeca foram supridos. Não há nada de errado se os noivos têm uma baixa renda ou são assalariados e desejam casar. Todos têm esse direito perante a lei. Porém, tratando-se do Reino de Deus, entra o fator fé. O Reino de Deus é regido pela fé que o indivíduo tem no Senhor Jesus. A fé leva à obediência e atrai a providência de Deus. Quando chega o momento de casar, Deus é o maior interessado em constituir a família. Se você observar atentamente estes 12 passos e colocá-los em prática, alcançará muita alegria na sua vida afetiva, e tudo que o diabo lhe roubou o Senhor tomará por vingança e lhe dará vitória.
 
Deus quer restaurar a unção da juventude e fazer dos jovens um testemunho para a so­ciedade. O primeiro homem, Adão, recebeu a promessa de dominar sobre toda a Terra; sobre as aves do céu, animais, peixes do mar e sobre todo réptil que rasteja. Esse jovem homem rece­beu autoridade e poder para dominar a "ser­pente". Desde o início, Deus deu ao homem condições de subjugar o maligno. A juventude tem autoridade para conquistar todas as coisas inclusive o êxito emocional e afetivo.
 
Fonte Bispa Rachel Castro do Mir e adaptado para nossa realidade.
 Compartilhar: Fale das difiucldades que você enfrenta hoje nesta áreas e quais atitudes você pretende tomar em relação a sua vida sentimental, depois de ouvir esta palavra? O que você aprendeu que foi importante? Ou...?
 
Deus te abençoe poderosamente
 
Pastores Eliezer e Zenita

 

 
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Comentarios:
TV IACC

Broadcast live streaming video on Ustream

Programação ao vivo

<p>- Domingo: 09:30hs e 18hs - Culto da Fam&iacute;lia<br />
&nbsp;</p>

 

Cultos anteriores | Canal de Videos

Redes Sociais
 Compartilhe:
 

IGREJA APOSTÓLICA CORPO DE CRISTO MINISTERIO PENHA - Tel: 2957-0551 -Email: iacc@iacc12.com.br - Endereço: Rua intiguçu 2601 - São Paulo SP Todos os direitos reservados - 2005 - 2013 - Webdesign