m12 2017
Família
Plano Divino para Reformar as geografias.
São Paulo, Sábado, 16 de Dezembro de 2017
igreja em celulasvisão celulas
Esboço para célula de jovens
22/07/2010
Passos firmes para um compromisso de sucesso

Colossenses 3:5,6; Salmos 119:9-11

 Vimos nas ministrações anteriores o jovem Daniel lutando para não se contaminar e se manter fiel a Deus. Vimos também os princípios de Deus para vencer os conflitos na área sentimental e a importância de vencermos as fraquesas carnais. Deus não deseja que você jogue fora sua juventude, pois é a fase mais nobre da sua vida, Ele quer que na sua juventude, você espere nEle e viva para Ele frutificando e vencendo o maligno.
 
Não deixe que as paixões carnais venham matar tudo o que você sonha em Deus. Quando um jovem descobre que pode ser santo, ele se torna uma inspiração para outros jovens. A Palavra diz que você jovem, é forte e já venceu o maligno.
 
Em Gênesis 39:7-13 vemos a mulher de potifar querendo ficar com José e, ele fugindo dela simplesmente para não pecar em um relacionamento proibido e sem compromisso, mas apenas carnal.
 
O compromisso nos princípios de Deus vem trazer um novo conceito de santidade para juventude nos relacionamentos, que confronta violentamente os conceitos do mundo, mas que traz segurança e paz.
 
Em Gênesis no capítulo 24, vemos os passos de um compromisso de sucesso.
 
Vemos aqui como os jovens podem obter êxito, observando e cumprindo os passos seguintes.
 
Primeiro passo: Confiar no Espírito Santo - João 16:13-14
 
Em gênesis 24 1- 4 vemos Abraão enviando o Damasceno Eliezer para buscar a esposa ideal para Isaque. O Damasceno Eliezer é a figura do Espírito Santo. Isto quer dizer que é o Es­pírito quem conhece todas as coisas e sabe exatamente qual será a pessoa ideal para você.
 
Abraão está representando a vontade per­feita de Deus sobre a vida de Isaque. Lembre-se de que a vontade do Pai é boa, agradável e per­feita para você também. O Espírito prova corações, assim como o Damasceno Eliezer provou as ati­tudes de Rebeca para saber se ela era uma boa moça. Quando Ele teve certeza que era de Deus ele disse: "Do Senhor procede este negócio" (Gn 24. 50). Vemos aqui que Deus sabe qual é o caminho certo, asta obedecermos seus princípios.
 
Segundo Passo: Servir ao mesmo Deus.
 
"E disse Abraão ao seu servo, o mais antigo da casa, que tinha o governo sobre tudo o que possuía: Põe a tua mão de­baixo da minha coxa, para que eu te faça jurar pelo Senhor, Deus do céu e da terra, que não tomarás para meu filho mulher dentre as filhas dos cananeus, no meio dos quais eu habito; mas que irás à minha terra e à minha parentela, e dali tomarás mulher para meu filho Isaque." Cn 24:2-4
 
Como pode luz e trevas terem comunhão? E como pode um cego guiar a outro? Como se pode servir a dois senhores? Em determinado momento há de desagradar um para agradar o outro. Da mesma forma, não convém se relacionar e mesmo contrair matrimónio com alguém que não compartilha da mesma fé.Leia em (II Coríntios 6:14 / Mt 15:14)
 
Terceiro passo: Ter sonhos compatíveis.
 
Lembre-se de que o casamento deve ser para sempre. Você precisa estar nivelado em todas as áreas, a cultural, económica, familiar e espi­ritual com a pessoa com quem você deseja casar. Precisamos nos casar no espírito, na alma e no corpo. Essas diferenças devem ser analisadas no período do compromisso para que percebam se há compatibilidade. Isso não quer dizer que, se os níveis não forem os mesmos, as pessoas não possam se casar. É no compromisso que você descobrirá se o pro­blema pode ser contornado, para que os seus sonhos e metas para o futuro sejam bem suce­didos.
 
Por exemplo: um rapaz deseja ser um lider de célula e formar sua equipe de doze e exercer o pastorado, ele deseja servir a Deus em tempo integral, en­volver-se profundamente com o ministério. Encontra uma jovem que até ama ao Senhor, de vez em quando fala de Jesus para outros, chega a ir na célula, mas o que ela quer mesmo é apenas ir a igreja, quer servir ao Senhor, mas sem muito compromisso. Se chegarem a casar, haverá um mo­mento de suas vidas em que ambos terão que iniciar um processo de renúncia intensiva para que seu casamento permaneça. É importante os dois caminharem na mesma direção com a mesma convicção e intensidade.
 
Quarto passo: Obter testemunho interior.
 
Este passo é o mais difícil de se detectar, pois quando um jovem e uma jovem começam a se gostar e a demonstrar os seus sentimentos um pelo outro, inconscientemente, militam contra a sensatez. Isso dificulta os servos de Deus ouvirem a voz do Espírito falando ao seu coração, pois estão apaixonados e o relaciona­mento e intimidade entre os dois cresce a cada dia.
 
Sempre que um jovem deseja iniciar um relacionamento, imediatamente lhe pergunto o que Deus tem lhe dito sobre isso. Na maioria das vezes, dizem que não pensaram nisso ou que já oraram e que Deus já confirmou, mas na realidade estão com medo de serem re­criminados e impedidos de entrarem num rela­cionamento.
 
O Espírito Santo precisa aquietar o seu coração. Você precisa estar disposto a fazer a vontade do Pai incondicionalmente, e suas probabilidades de ouvir a voz de Deus irão aumentar. Você precisa ter certeza se aquele compromisso é de Deus ou não.
 
Quinto passo: Ter a aprovação espontânea das autoridades.
 
Após a confirmação, o Damesceno Eliezer dirigiu-se a Rebeca e a sua família e contou-lhes o que estava acontecendo. O Espírito Santo convenceu aqueles que eram autoridade sobre Rebeca (Gn 24:49-51). Precisa haver paz da parte dos pais e dos líderes, tanto da moça quanto do rapaz. Pois isto aconteceu quando Isaque tomou Re­beca para ser sua esposa e foi para tenda de Sara (Gn 24:67). É óbvio que foi com o consentimento de seu pai. Isto quer dizer que houve testificação de ambas as partes. Os pastores e líderes também são usados por Deus para testificar sobre o compromisso, são pessoas levantadas por Deus para presidir sobre vidas, e deve-se considerar seu ponto de vista, portanto, compartilhe seus sentimentos com os seus pais e discipuladores.
 
O jovem deve falar de todas as convicções que o Senhor já tem lhe dado, como: testemunho interior, sonhos, textos bíblicos,... Mediante essa conversa, os pais e líderes abençoarão ou não os jovens para um período de oração no qual estarão amadurecendo suas con­vicções, a certeza da vontade de Deus, se Ele realmente está nesse negócio. Só deverão firmar o compromisso e ter algum contato depois de confirmado pelo Senhor e pelos líderes como citamos acima. A orientação e benção dos pais junto com os líderes são fundamentais. Se os pais não são cristãos e não conhecem os princípios de Deus, os discipuladores cuidarão desta parte. Provér­bios 6:20-21 diz: "Filho meu, guarda o manda­mento de teu pai, e não abandones a instrução de tua mãe; ata-os perpetuamente ao teu coração, e pendura-os ao teu pescoço." Continua na px semana.
 
Fonte Bispa Rachel Castro do Mir e adaptado para nossa realidade
 
Compartilhar: vivemos em um período onde a moral está ultrapassada e, onde o relacionamento de namoro se tornou algo sem compromisso e sem responsabiliodade. Os jovens e adoslecentes estão se perdendo e entrando em laços de morte e, pensam que estão se dando bem. Na realidade estão em busca de aceitação com uma mentalidade contaminada e estes princípios vem confrontar tudo isso. A pergunta é: o que você pretende fazer em relação ao seu futuro na área sentimental? Lembrando que o amanhã é resultádo do hoje!
 
Deus te abençoe!
 
Pastores Eliezer e Zenita
 
 
 
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Comentarios:
TV IACC

Broadcast live streaming video on Ustream

Programação ao vivo

<p>- Domingo: 09:30hs e 18hs - Culto da Fam&iacute;lia<br />
&nbsp;</p>

 

Cultos anteriores | Canal de Videos

Redes Sociais
 Compartilhe:
 

IGREJA APOSTÓLICA CORPO DE CRISTO MINISTERIO PENHA - Tel: 2957-0551 -Email: iacc@iacc12.com.br - Endereço: Rua intiguçu 2601 - São Paulo SP Todos os direitos reservados - 2005 - 2013 - Webdesign